Agnelo Alves: “O PMDB está fortemente contaminado pela rejeição recorde da governadora Rosalba Ciarlini”


agnelo nominuto novaO deputado e jornalista Agnelo Alves, escreve seu artigo desta terça-feira (27) na Tribuna do Norte, e diz uma frase que chama a atenção: “O PMDB está fortemente contaminado pela rejeição recorde da governadora Rosalba Ciarlini. Apesar da fase excepcional dos seus três principais líderes, o deputado Henrique Eduardo, presidente da Câmara Federal, o senador Garibaldi Filho, ministro da Previdência Social e o deputado estadual Walter Alves, líder do partido na Assembleia Legislativa”, disse.

Ainda nas páginas do jornal da família Alves, Agnelo comentou sobre o PMDB, seu ex-partido: “Mesmo assim, o PMDB ainda tem gás nos pulmões para respirar, mostrando que está vivo, embora combalido, vitimado pela contaminação do governo a quem serve e de nada se serve. Esta semana promete ser decisiva para o PMDB anunciar a permanência ou o rompimento com o governo de Rosalba. É mais acreditável que assuma uma posição de “independência” de que será porta-voz na Assembleia o deputado Walter Alves, líder da bancada. Esperava-se como fatível que o professor Luiz Eduardo pedisse demissão ontem, em caráter irrevogável”, disse Agnelo.

Comentários