Atendimento do SUS no RN corre risco de colapso, afirma MP

Um problema grave já enfrentado pelas Prefeituras para manter funcionando os serviços de saúde agora afeta também a capital do Estado. O caso é tão grave que o Ministério Público Estadual emitiu um alerta, por escrito, relatando possibilidade real de colapso nos serviços de saúde custeados pelo SUS realizados em Natal.
 
A recomendação do MPRN foi entregue às secretarias estaduais de Saúde e de Planejamento, para que sejam adotadas medidas quanto à quitação de débitos junto à Secretaria Municipal de Saúde de Natal. No sistema de saúde, o município é responsável pelos serviços de baixa e média complexidade, especialmente no quesito saúde preventiva.
 

Comentários