Chefe da Casa Civil chama atenção para atrasos do DNOCS e decisão de Temer que deverão deixar Caicó sem água nos próximos dias

Da chefe da Casa Civil do Governo do Estado, Tatiana Mendes Cunha, sobre a decisão do presidente Michel Temer de entregar ao PMDB, as ações de combate aos efeitos da seca na região Nordeste, impedindo que os governos dos estados dê continuidade aos projetos bancados pelo governo federal, mas tocados pelos governos estaduais.

Tatiana chama atenção para o estilo emperrado do DNOCS trabalhar, lembrando que por causa disso, o município de Caicó está prestes a ficar sem água.
 










Comentários