É ouro e recorde: Thiago Braz brilha na Rio 2016

 

O Brasil encerrou a segunda-feira olímpica com um histórico ouro no salto com vara masculino. Aos 22 anos, Thiago Braz venceu na final o francês Renaud Lavillenie, campeão olímpico em Londres e recordista mundial, e conquistou o lugar mais alto do pódio na Rio 2016. De quebra, o jovem, de Marília, no interior de São Paulo, ainda estabeleceu novo recorde olímpico: 6,03 metros. Criado pelos avós, que estavam no estádio Engenhão acompanhando a prova, o atleta deu entrevista logo após a conquista ainda sem entender direito o que havia acontecido. "Não caiu a ficha ainda que eu sou campeão olímpico. Agradeço a todos que passaram pela minha trajetória. Todos foram importantes. Tenho muita gente aqui comigo hoje e agradeço a todos. Onde a minha mãe estiver, sei que ela está orgulhosa. Minha família inteira sempre passou por muita dificuldade, tivemos que passar por situações difíceis mas hoje somos todos vencedores", disse ao canal ESPN.

A medalha de ouro de Thiago Braz levou o Brasil do 32º para o 16º lugar no quadro de medalhas com duas de ouro (Rafaela Silva e Thiago Braz), três de prata (Felipe Wu, Diego Hypolito e Arthur Zanetti) e quatro de bronze (Mayra Aguiar, Rafael Baby, Arthur Nory e Poliana Okimoto), nove no total.

Comentários