ABC supera Botafogo-SP pelo placar mínimo e garante vaga na Série B

https://www.gazetaesportiva.com/wp-content/uploads/imagem/2016/10/07/abc_botafogo.jpg

O ABC é o primeiro time classificado para a Série B do Campeonato Brasileiro de 2017. Nesta sexta-feira, o Mais Querido recebeu o Botafogo, no Frasqueirão, e venceu por 1 a 0, com gol solitário do atacante Erivélton.

O resultado garantiu ao time potiguar uma vaga na semifinal da Série C, uma vez que o primeiro jogo entre as duas equipes, em Ribeirão Preto, terminou empatado sem gols. Agora, o ABC espera o vencedor de Guarani e ASA para conhecer seu adversário na próxima fase da competição.

O jogo – A partida começou equilibrada, com as duas equipes mostrando um alto nível de concentração. Mesmo jogando fora de casa, o Botafogo não se intimidou com a pressão da torcida do ABC e teve a primeira chance de perigo logo aos nove minutos. Serginho mandou pelo alto, Tiago Marques dividiu com Edson e assustou a meta defendida pelo goleiro potiguar.

Empurrado pela torcida, o ABC partiu para cima do Botafogo, mas esbarrava na forte marcação do time paulista. Na marca de 22 minutos, os potiguares reclamaram de pênalti após Pituca desviar cruzamento de Nando, mas o árbitro mandou o lance seguir. Aos 28, Lúcio Flávio cobrou escanteio da direita e a bola sobrou para Cleiton, mas o zagueiro errou o chute.

Os donos da casa levavam vantagem no jogo a partir da metade do primeiro tempo, com mais presença no ataque. Aos poucos, os visitantes foram equilibrando as ações e a partida voltou a ficar disputada. Aos 45, Erivélton balançou as redes, mas teve seu gol anulado por impedimento. Aos 47, Daniel Borges quase abriu o placar para o Pantera, mas falhou no momento da finalização. A primeira etapa terminou sem gols e com confusão após o apito final.

O ABC voltou mais ligado para o segundo tempo, pressionando a saída de bola do Botafogo. A estratégia alvinegra deu certo e o Mais Querido abriu o placar na marca de nove minutos. Erivélton aproveitou falha de Mirita para sair cara a cara com Neneca e só deslocar o goleiro, colocando os donos da casa na frente.

Tão logo sofreu o gol, o Tricolor de Ribeirão Preto partiu para o ataque na tentativa de tirar a vantagem do adversário. Aos 13, Zotti lançou para Serginho, que se livrou do zagueiro e bateu no canto. Edson fez importante defesa. Aos 17, Guly deixou Tiago Marques frente a frente com Edson, mas o goleiro cresceu diante do atacante e fez mais uma defesa.

Após os sustos com as chegadas do Botafogo, o ABC retomou a concentração e passou a jogar com a vantagem, dando mais atenção à defesa e buscando os contra-ataques para definir o jogo. Ao Pantera restou atacar mais à medida que o tempo passava. Ciente disso, Geninho fechou o time, garantiu a vitória e o acesso do Mais Querido à Série B do Brasileiro.

Comentários