Candidatos não eleitos correm risco de ficar inelegíveis

Os candidatos que deixarem de prestar contas da campanha poderão ficar inelegíveis por até oito anos.

Além disso, após o dia 1º de novembro, todo candidato que não prestou contas terá a sua quitação eleitoral suspensa automaticamente. Nenhum candidato poderá ser diplomado antes que suas contas sejam prestadas.

Comentários