Fim do direito de greve no Brasil

Supremo Tribunal Federal decidiu hoje (6 votos a 4) que servidores públicos em greve deverão ter descontados em suas folhas de pagamento os dias decorrentes da paralisação.
O STF abriu brecha para a compensação do corte em caso de acordo, além de determinar que o desconto será incabível se ficar demonstrado que a greve foi provocada por conduta ilícita do próprio poder público, informou a Rádio Estadão.

Comentários