Juíza julga improcedente AIJE contra prefeita de Ouro Branco

A juíza eleitoral da 23ª Zona Eleitoral (Ouro Branco), Drª Janaína Lobo da Silva Maia julgou improcedente nesta quinta-feira (06), recurso impetrado pelo Partido Humanista da Solidariedade  contra a prefeita  Dra Fátima e seu vice Dr Araújo. A Ação de Investigação Judicial Eleitoral (AIJE) acusava a prefeita e o vice de captação ilícita de sufrágio durante o pleito eleitoral e pedia a cassação dos mesmos.

A ação impetrada pela Coligação Com a Força do Povo contra a candidata Eurinete e Getúlio também foi considerada improcedente pela juíza responsável pelo julgamento.

Comentários