Município de Várzea vence Prêmio Rosani Cunha na modalidade Entrevistador Destaque

O município de Várzea, localizado no Vale do Sabugi, foi novamente destaque a nível nacional, desta vez no Prêmio Rosani Cunha de Desenvolvimento Social – Edição Especial: Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal, lançado pelo Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário. 

Várzea ficou em 1° lugar, com Lucélia Medeiros da Costa Araújo, na modalidade Entrevistador Destaque, onde os vencedores puderam ser escolhidos pela população, portanto as pessoas votavam no candidato que considerassem merecedor do prêmio. No geral, 188 profissionais de todo o Brasil estavam na disputa.

A votação para eleição dos finalistas da referida modalidade foi encerrada no dia 14 de outubro e Lucélia atingiu a impressionante marca dos 2.785 votos.

A cerimônia de premiação acontecerá no dia 15 de dezembro, em Brasília, e contará com a participação dos cinco entrevistadores escolhidos pelo público. Todas as práticas finalistas terão seu relato publicado em catálogo do Prêmio Rosani Cunha.

Lucélia Medeiros será premiada com troféu e uma viagem internacional acompanhando a equipe do ministério em missão técnica.

Prêmio Nacional
O Prêmio Rosani Cunha visa dar reconhecimento aos gestores e técnicos, trabalhadores do Cadastro Único, em âmbito municipal e estadual e, especialmente, valorizar e incentivar o papel dos entrevistadores sociais. O objetivo é identificar e premiar práticas bem-sucedidas e inovadoras na gestão do Cadastro Único nos municípios, estados e no Distrito Federal, a fim de divulgá-las para que possam auxiliar outros entes a aperfeiçoar a gestão do Cadastro Único.

O  CadÚnico é a principal ferramenta para identificação das famílias de baixa renda. Nele estão informações essenciais para que elas possam ter acesso aos serviços, programas e benefícios sociais. Além disso, identifica famílias das comunidades tradicionais e em situações específicas, como cigana, quilombola, extrativista, de catador de material reciclável, acampada, entre outras.

Fonte: Politica do Vale

Comentários