Pilotos colombianos dizem que comandante do voo revelou ter pouco combustível

 Pilotos colombianos dizem que comandante do voo revelou ter pouco combustível Raul ARBOLEDA/Afp

A hipótese de falta de combustível como provável causa do acidente que vitimou o elenco da Chapecoense nesta terça-feira, em Medellín, ganha força. De acordo com a Rádio Caracol, da cidade colombiana, dois pilotos que pousavam no Aeroporto José María Córdova no mesmo momento revelaram, em conversa com repórteres, que o comandante do voo fretado da Chape alegou estar com pouco combustível.

Segundo o diálogo reproduzido pela rádio, os problemas de pane seca "ficaram claros" assim que o pedido de prioridade para pouso foi feito.

Comentários