Acusado de atirar nos promotores do RN fugiu

C7sanRuX0AUIkEhO servidor Guilherme Barbalho que é suspeito de ter disparado contra nas costas do Procurador-Geral de Justiça Adjunto, Jovino Pereira, e no promotor Wendell Bethoven  fugiu do local.

Corre uma versão de que o motivo do atentado seria um processo administrativo que Guilherme respondia.

Ele é servidor da Procuradoria Geral de Justiça.

A informação está no Portal no AR

Comentários