Governo Robinson apresenta a "PEC do fim do RN"

 
 
O Governador em exercício, Fábio Dantas (PCdoB), encaminhou à Assembleia Legislativa, nesta sexta-feira, 3, um pacote de medidas econômicas e fiscais praticamente idênticas às implementadas pelo governo golpista e corrupto de Michel Temer (PMDB), denominadas de “PEC (PEC 55) do Fim do Mundo”.

A versão da “PEC do fim do Rio Grande do Norte”, Proposta de Emenda Constitucional (PEC), contém duas medidas avassaladoras para os/as servidores/as públicos/as e para a população mais pobre do estado que necessita de serviços como saúde pública, educação e segurança.

A primeira é a Proposta de Emenda Constitucional (PEC) de Limitação de Gastos. A medida, a exemplo do ocorrido no âmbito federal, congela no RN os investimentos públicos do executivo pelos próximos 20 anos.

S segunda medida é o projeto que trata da Previdência estadual. O projeto aumenta de 11% para 14% o percentual de contribuição dos/as servidores/as ao Instituto de Previdência do Estado do Rio Grande do Norte.

“É absurdo o que o governo Robinson Faria (PSD) está fazendo com o Rio Grande do Norte e em especial com os servidores. A gestão Robinson acabou com o fundo previdenciário dos servidores e agora quer depositar toda a responsabilidade nas costas dos trabalhadores”, argumenta o Coordenador geral do SINTE RN, professor Rômulo Arnaud.

O SINTE RN está mobilizando toda a categoria para as atividades contra a reforma da previdência nos dias 8 e 15 de março.
 
Foto: Asscom governo do RN.

Comentários