Henrique é acusado de receber propina em esquema de corrupção no litoral do Piauí

 henrique alves

O ex-ministro do Turismo e ex-deputado federal Henrique Alves (PMDB) está na mira da Procuradoria da República no Piauí por, supostamente, ter recebido pagamento em propina de duas empreiteiras para a realização da obra chamada “Tabuleiros Litorâneas”, em Parnaíba, litoral deste estado. Henrique foi citado em delação premiada da Operação Lava Jato como tendo recebido o valor de R$ 112 mil em pagamentos de vantagens indevidas.

A informação foi divulgada pelo ministro e relator da Lava Jato, Luiz Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal, após tornar público o processo e determinar o envio dos autos para a Procuradoria da República, juntamente a uma cópia para a Justiça Federal do Piauí. Acompanhando Henrique na citação da delação premiada, está o também ex-ministro e ex-deputado federal pela Bahia, Geddel Vieira Lima (PMDB) – este teria recebido outros R$ 210 mil em propina.

Comentários