Quatro condenados da Operação Catuaba são presos no Sertão da Paraíba, diz PF

  http://www.patosonline.com/painel/uploads/3aadb730a6ff3d6cd7077445b1b94bc9c85e41c5/23d47d3c21ded324edd51b42b0db35ef.jpg

Quatro pessoas foram presas durante uma operação da Polícia Federal na manhã desta sexta-feira (2) em Patos, no Sertão da Paraíba. Eles foram condenados em segunda instância pela Justiça Federal na Operação Catuaba, de 2004, e devem cumprir pena no regime semi aberto. As penas variam entre quatro e seis anos. 

Os presos são o empresário Daniel dos Santos Moreira, conhecido como Daniel da Coroa; o filho dele, Raniery Mazzilli Moreira; o irmão de Daniel, Eliezer dos Santos Moreira, e uma mulher chamada Maria Madalena Braz de Moreira. O grupo foi levado para a Delegacia da Polícia Federal de Patos. 

A Operação Catuaba foi deflagrada para apurar um esquema de sonegação fiscal comandado pelo empresário Daniel da Coroa, que atua no setor de bebidas, em nove estados. Segundo a investigação, a quadrilha falsificava selos do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI), abria empresas de fachada, corrompia dezenas de fiscais para não pagar impostos e reintroduzia os recursos obtidos através da prática delituosa. 

G1

Comentários