Três partidos de olho na filiação de Cláudio Santos para concorrer ao Governo

 

Em 2002 disputando por uma coligação do PSB com dois pequenos partidos (PGT e PST), a ex-governadora Wilma de Faria chegou a Governadoria derrotando o candidato dos Alves e o ex-senador Fernando Bezerra, que tinha o apoio do senador José Agripino Maia.

O desembargador Cláudio Santos, que deixou a presidência do Tribunal de Justiça este ano, vem aparecendo como uma alternativa ao Governo do Estado. Com sua discrição, Cláudio Santos já foi convidado para assinar a ficha de três partidos, que segundo fontes bem informadas, evitam noticiar agora. O desembargador tem evitado falar em política partidária.

Por Marcos Dantas

Comentários