Santos alega interferência de repórter da Globo e quer anular jogo com o Flamengo

O Santos quer a anulação do jogo com o Flamengo por acreditar em interferência externa de um repórter da Globo/Sportv no lance em que o árbitro Leandro Vuaden voltou atrás em pênalti inicialmente marcado para os mandantes na Vila Belmiro.

Posteriormente, após a publicação da reportagem, o Santos confirmou a informação por meio de ofício enviado à CBF. VEJA AQUI.

De acordo com fontes do clube, uma câmera do estádio flagrou momento que indica que, na análise dos santistas, um profissional da emissora teria supostamente influenciado em decisão de Vuaden. O Santos acusa o jornalista Eric Faria. Procurado pela reportagem, o repórter disse que não ia se manifestar.

No lance, perto do fim do primeiro tempo, o juiz voltou atrás em pênalti inicialmente marcado para o time santista, após o atacante Bruno Henrique cair na área. O clube também cogita cobrar um gancho pesado ao árbitro.

A cúpula alvinegra, irritada com o lance, reuniu-se com o departamento de futebol e chegou à conclusão que houve interferência externa. O juiz voltou atrás depois de uma conversa com o quarto árbitro, Flavio Rodrigues de Souza.

O Santos venceu por 4 a 2, mas foi eliminado da Copa do Brasil – um gol a mais classificaria o time paulista.

Perguntado sobre o assunto, em contato com o ESPN.com.br, o presidente Modesto Roma não negou as informações. “Esse é um assunto interno”, limitou-se a dizer. Fontes ligadas ao cartola confirmam tudo o que foi publicado.

MSN

Comentários